SAIBA MAIS SOBRE OS LAUDOS COB: CLASSIFICAÇÃO OFICIAL BRASILEIRA.

Postado em 29/08/2018 01:38:04 em Análise Técnica


No ano passado (2017), publicamos uma matéria exclusiva, ensinando sobre o que são os Laudos COB e SCA no mercado do café. Neste ano de 2018, voltaremos a falar sobre este assunto, o qual consideramos de suma importância para produtores e comerciantes de cafés.


Só que dessa vez, resolvemos desmembrar os laudos e abordar sobre cada um deles separadamente, para podermos detalhar um pouco mais, já que são Laudos distintos, apesar de relatarem propósitos similares.


Na matéria de hoje, falaremos sobre os LAUDOS COB


O Laudo COB leva este nome por obedecer a uma normativa técnica de CLASSIFICAÇÃO OFICIAL BRASILEIRA. A Savassi Agronegócio, através do seu departamento de Análise Técnica, é uma empresa Acreditada pelo MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimentos, para avaliar o café e emitir o Laudo COB.


A emissão desse laudo segue a Instrução Normativa nº 8. Essa Instrução Normativa assegura todos os critérios técnicos que devem ser avaliados sobre as características físicas e sensoriais do café, onde os especialistas detentores dessas normas, vão analisar o café segundo seus conhecimentos técnicos e emitir um laudo, descrevendo características observadas.


Essas características são diversas, como por exemplo:


  • O que o café realmente apresentou;
  • Como apresentou;
  • A quantidade de grãos verdes, pretos, ardidos;
  • Se é fava chata ou é moca;
  • O percentual de peneira;
  • Se é um café graúdo, médio ou miúdo;
  • O percentual de umidade do grão;
  • Características do café após a torra, etc.


Os critérios técnicos avaliativos são bem rigorosos, afim de garantir a autenticidade do laudo emitido.


Geralmente, os avaliadores recebem as amostras dos lotes que se encontram nas unidades armazenadoras, e levam para o laboratório, onde fazem toda esta avaliação atentos aos critérios técnicos normativos, afim de identificarem os pontos citados acima, como também identificar o número de grãos defeituosos e avaliar criteriosamente quais defeitos são estes, enquadrando aquele café em algum dos tipos previstos na mencionada Instrução Normativa.


Existem as classificações específicas para o café Arábica e para o café Conilon, os dois principais tipos de cafés cultivados no Brasil. Os critérios avaliativos são os mesmos, porém os critérios classificativos são diferentes, porém, ambas as modalidade de café podem ser avaliadas para receber o Laudo COB.


E qual a importância de se obter este Laudo?


O Laudo COB na maioria das vezes, serve para o produtor que quer constatar em qual tipo e classificação o café dele se enquadra. A empresa que lauda dá um feedback e emite um documento formalizado para o produtor sobre as características reais, observadas em seu café.


E este documento (laudo) pode até ser usado como instrumento de qualidade, em um determinado processo de negociação comercial daquele café, uma vez que o laudo tenha constatado características favoráveis de qualidade do café.


Se você é produtor de café e quer descobrir as características reais do seu café, ou até mesmo constatar a qualidade dele, contrate a Savassi Análise Técnica e garanta um serviço competente, ético e altamente profissional.


Continue conosco, que em breve falaremos sobre os Laudos SCA, nossa próxima matéria. Até breve!


Compartilhe

Comentários